Bolsonaro

Bolsonaro
Bolsonaro discursa e solta latido no Palácio do Planalto (Imagem: Reprodução / Globo)

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) sancionou nesta terça-feira (29) o projeto de lei que estabelece pena de dois a cinco anos de reclusão para quem praticar ato de abuso ou maus-tratos contra cães e gatos. Na assinatura, o “capitão” se enrolou com o cachorro Sansão, o símbolo da campanha, e soltou um “au au” no discurso.

“Eu nunca tive dúvidas se eu ia sancionar ou não até porque eu fiquei sabendo da aprovação do teu projeto pela primeira-dama [Michelle Bolsonaro]. E ela perguntou em casa: ‘Já sancionou?’”, recordou o Chefe do Executivo.

Em seguida, o pai do senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) contou aos presentes qual foi a resposta dada para a esposa. “Eu falei: ‘Você tá dando uma de Paulo Guedes que manda eu sancionar imediatamente os projetos que tem relação com a economia. O Paulo eu obedeço. Que dirá você’”, brincou.

Em seguida, o político sem partido explicou que “todos tomaram conhecimento” sobre o projeto de lei: “Teve uma conscientização sobre o assunto muito grande e o que nós queremos, no fundo, não é punir, mas fazer com que ninguém cometa maus-tratos em cima de animais”.

No final, Bolsonaro olhou em direção a Sansão e soltou um latido. “Então parabéns para vocês, não sei se o Sansão vai entender aqui, né: ‘Au au’. Quer dizer parabéns, Sansão”, declarou ele, arrancando gargalhadas da plateia.

Confira:

O post Bolsonaro late e se atrapalha com cachorro durante evento no Palácio do Planalto apareceu primeiro em RD1 → Audiência da TV, Notícias da TV e Famosos.