Gloria Maria
Eduardo Bolsonaro comemorou atitude de Gloria Maria (Imagem: Reprodução -GloboPlay – Instagram/ Montagem – RD1)

Gloria Maria foi criticada por muitos internautas por sua fala sobre o politicamente correto, porém ganhou o apoio de alguns políticos, como Eduardo Bolsonaro (PSL) e Fábio Faria (PSD).

O deputado federal, filho do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), a defendeu de um suposto “cancelamento”: “Não a conheço, não sei o que pensa e isso não importa. Só sei que ela deve ter liberdade de expressão”.

Genro de Silvio Santos, o ministro das Comunicações parabenizou a apresentadora da Globo pelas afirmações. “Parabéns, Glória Maria. O que precisamos é de pessoas honestas, sinceras e com caráter. O ‘politicamente correto’ está mascarando isso”, escreveu no Twitter.

Ainda no grupo de pessoas que elogiaram o posicionamento da famosa nas redes estão as deputadas federais Carla Zambelli (PSL–SP) e Bia Kicis (PSL–DF).

A polêmica teve início quando, durante uma live do Glamurama, para a jornalista Joyce Pascowitch, Gloria Maria destacou: “Acho tudo isso um saco. Hoje tudo é racismo, preconceito e assédio (…). Tem que ter uma diferenciação, não dá para generalizar tudo”.

“O politicamente correto é um porre. Acredito que o politicamente correto é o caráter, a honestidade. Esse mundo que a gente está vem muito da amargura das pessoas, não aceito”, completou ela.

O post Eduardo Bolsonaro e genro de Silvio Santos vibram com fala de Gloria Maria apareceu primeiro em RD1 → Audiência da TV, Notícias da TV e Famosos.