Bolsonaro

Bolsonaro
Bolsonaro promove novo ataque contra a imprensa (Imagem: Reprodução / Globo)

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) fez o seu ataque de número 300 ao jornalismo profissional. A atitude, aprovada pelo jornalista Alexandre Garcia, veio à tona após a divulgação de um relatório da Federação Nacional dos Jornalistas.

Segundo o Fenaj, de janeiro a setembro o “capitão” fez em média uma agressão por dia contra os profissionais da imprensa. Dos 299 ataques registrados, 259 foram para desacreditar a imprensa, e 38 foram em ataque “ao profissional jornalista”. O relatório foi divulgado pelo jornal O Globo.

Em agosto, por exemplo, o Chefe do Executivo disse a um repórter do mesmo jornal que tinha vontade de encher a boca dele de porrada. A declaração foi feita após ter sido perguntado sobre os depósitos feitos por Fabrício Queiroz.

Outro ponto destacado no relatório foi a fala anti-imprensa do presidente brasileiro no discurso na abertura da 75ª Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU): “Como aconteceu em grande parte do mundo, parcela da imprensa brasileira também politizou o vírus, disseminando o pânico entre a população”.

Horas depois da matéria ser divulgada, Bolsonaro usou o Twitter, compartilhou a notícia e fez o seu 300º ataque. “‘Ataque n° 300: Perderam a boquinha!”, declarou na publicação. Alexandre Garcia, ex-contratado da Globo e aliado do governo, se manifestou curtindo a publicação.

Confira:

O post Bolsonaro ataca a Globo e recebe a aprovação de Alexandre Garcia apareceu primeiro em RD1 → Audiência da TV, Notícias da TV e Famosos.