Participando como observador convidado das eleições nos EUA, o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) e presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Luís Roberto Barroso, visitou três pontos de votação em Washington, D.C e Maryland na última terça-feira, 5. Em suas redes sociais, Barroso confirmou que, apesar da disputa entre o democrata Joe Biden e o republicano Donald Trump estar causando tensão no país norte-americano, a situação permanece controlada. “Por onde passei, tudo estava tranquilo e organizado, a despeito da disputa acirrada e do clima de polarização”. O ministro também ressaltou as diferenças entre os sistemas eleitorais, citando as eleições municipais que acontecerão nos dias 15 e 29 de novembro em todo o Brasil. “Embora o processo eleitoral dos Estados Unidos seja bem diferente do nosso, o clima de polarização que encontrei aqui se assemelha ao que temos experimentado no Brasil nos últimos anos. Torço para que o ambiente continue pacífico até o final da apuração. Dentro de 12 dias, teremos nossas próprias eleições municipais. Por aqui estamos vendo um recorde de comparecimento às urnas. Vamos torcer para que o mesmo se passe no Brasil.”

Dois dias após o início da apuração dos votos nas eleições presidenciais dos Estados Unidos, os resultados, até o momento, indicam para uma vitória do democrata Joe Biden. No entanto, a disputa permanece acirrada. Até a tarde desta quinta-feira, 5, segundo agências internacionais, Biden contabiliza 264 votos no Colégio Eleitoral, já Trump, 214. O próximo presidente norte-americano deve alcançar, pelo menos, 270 votos.