Um estudo feito pela Fundação Escola de Comércio Álvares Penteado (FECAP), em parceria com a empresa Tracker constatou que, entre os meses de março e agosto de 2020, houve queda no número de roubos e de furtos de motos no Estado de São Paulo. O levantamento também mostrou que mais da metade dos roubos e aproximadamente um terço dos furtos aconteceram durante a noite. De acordo com o estudo, no período analisado, foi registrada uma média de 970 ocorrências de roubos por dia, o que representa uma queda de 14,16% em relação ao período em 2019, que teve média de 1.130 ocorrências diárias. A cidade de São Paulo foi a que mais teve registros de roubos, com 52,49% das ocorrências. Guarulhos (6,16%) e Campinas (6,03%) completam a lista dos três municípios com mais casos.

Dentro da capital, os bairros com maior número de ocorrências de roubo foram o Capão Redondo e São Mateus, ambos com 94 casos. Dos dez bairros presentes no ranking, cinco são da zona sul, quatro da zona leste e um da zona oeste – todos localizados na periferia da cidade. Já em relação ao número de furtos na capital, o bairro de Santana, na Zona Norte, é o mais atingido, com 131 ocorrências, sendo seguido pelo Itaim Bibi (128) e pela Bela Vista (111). Completam o ranking Santo Amaro (110), Pinheiros (108), Lapa (106), Vila Mariana (101), Jardim Paulista (97), Tatuapé (96) e Barra Funda (92).

Furtos e roubos no Estado de SP

O número de furtos no estado nos últimos seis meses caiu 37% na média mensal em comparação ao mesmo período de 2019. Apenas no mês de agosto foi registrada uma queda de 32,37% em relação ao mesmo mês do ano passado. Novamente, a capital é a cidade mais atingida, concentrando 40,43% das ocorrências. O ranking conta ainda com Santos (2,93%) e São Bernardo do Campo (2,59%) completando o topo da tabela.  Outro dado revelado pelo levantamento é de que os furtos que são cometidos na madrugada acontecem, majoritariamente, em bairros periféricos. No Sacomã, na Zona Sul de São Paulo, foram registrados 60 furtos durante a madrugada. Capão Redondo (26) e Campo Limpo (17) completam a lista de bairros com mais crimes durante a madrugada. Por outro lado, regiões e bairros considerados, nobres têm a maioria das ocorrências registradas durante a manhã e a tarde.