O mundo ultrapassou o número de 50 milhões de casos de coronavírus neste domingo, 8, sendo os Estados Unidos e a Europa são os dois principais focos da pandemia, de acordo com dados da Universidade Johns Hopkins. A instituição de ensino americana publicou os dados atualizados nesta tarde e, até o fechamento desta nota, o número de infecções registradas foi de 50,1 milhões. Os EUA são a nação com mais casos em todo o planeta, são mais de 9,9 milhões, seguidos pela Índia, com mais de 8,5 milhões, e pelo Brasil, com mais 5,6 milhões. Os três também lideram o ranking de mortes por Covid-19 (clique aqui para ver todos os dados atualizados).

Outubro foi o pior mês para a pandemia, com os EUA acrescentando mais de 100 mil casos diariamente e uma segunda onda de contágio na Europa. Os casos estão aumentando em média cerca de 540 mil por dia nos últimos sete dias em todo o planeta. Os países europeus com o maior número de infecções são a França, com mais de 1,7 milhão, a Espanha, com mais de 1,3 milhão, e o Reino Unido, que computou mais de 1,1 milhão até agora. Na América Latina, o país com mais casos detectados é o Brasil, seguido pela Argentina (mais de 1,2 milhão) e a Colômbia (mais de 1,1 milhão), que no ranking mundial estão em sétimo e nono lugares, respectivamente.

*Com informações da Agência EFE