Ciro Gomes

Ciro Gomes
Ciro Gomes discorda de uma possível candidatura de Luciano Huck (Imagem: Reprodução – Globo / Montagem – RD1)

A possível aliança entre Luciano Huck, João Doria (PSDB) e Sergio Moro provocou comentários francos de Ciro Gomes (PDT). O ex-ministro evitou ataques ao governador de São Paulo, mas questionou a possível candidatura do apresentador da Globo na eleição de 2022.

Sobre Huck, o político destacou a importância do famoso na TV, mas questionou a sua habilidade para o comando do país. “O Luciano Huck é um apresentador de televisão. Ok, é uma tarefa das mais dignas”, elogiou. As informações são do jornal Folha de S. Paulo.

“Isso o prepara para enfrentar a maior crise social e econômica do Brasil? Isso o habilita a ser [presidente]?”, questionou. “Só a irresponsabilidade de algumas pessoas da elite brasileira é que permite a gente acreditar nisso”, criticou.

Ao contrário de Doria. Segundo ele, o tucano “tem legitimidade”. “Foi um prefeito que mentiu para o povo, ele disse muitas vezes que não deixaria [a prefeitura] e largou. Foi eleito governador, está fazendo um governo muito ruim”, acusou.

“Mas tem legitimidade, pode chegar e dizer: eu não sou um apresentador de televisão que nunca administrou nada”, ressaltou. Sobre Moro, Ciro Gomes não segurou as críticas e chamou o ex-juiz de fascista. “Moro vendeu a toga em troca de um cargo e é um cara da extrema direita. O Moro se veste como os fascistas italianos da década de 30. O Moro é fascista”, apontou.

O post Luciano Huck é alvo de Ciro Gomes; político questiona candidatura apareceu primeiro em RD1 → Audiência da TV, Notícias da TV e Famosos.