Durante uma coletiva de imprensa realizada nesta terça-feira (10), Mike Pompeo insistiu que o atual presidente dos Estados Unidos governará por mais quatro anos, apesar da mídia norte-americana ter projetado a vitória de Joe Biden no sábado (7). “Haverá uma transição tranquila para um segundo governo de Trump“, afirmou o secretário de Estado com um leve sorriso no rosto. Assim, Pompeo se tornou a pessoa com o cargo mais alto a apoiar as acusações do presidente de que houve fraude eleitoral. “O mundo está assistindo ao que está acontecendo. Vamos contar todos os votos e, quando o processo estiver encerrado, teremos um vencedor”, reiterou.

Na segunda-feira (9), o Departamento de Justiça autorizou a realização de inquéritos federais para averiguar se de fato houve irregularidades durante a apuração dos votos. Enquanto isso, Joe Biden está sendo impedindo de dar início ao processo de transição de poder, apesar de já ter formado um conselho consultivo para começar o combate à Covid-19. O democrata também teve a vitória reconhecida nos últimos dias pelos principais líderes mundiais, incluindo o da França, de Israel e da Turquia, para onde Mike Pompeo afirmou que deve realizar viagens oficiais em breve.

*Com informações de agências internacionais