Ex-candidato do Novo à Prefeitura de São Paulo, Filipe Sabará, vai auxiliar o plano de governo do deputado federal Celso Russomanno, candidato do Republicanos ao cargo de prefeito da capital paulista. O anúncio será feito no fim da tarde desta quarta-feira, 11. Sabará foi expulso da legenda após defender algumas ações do governo do presidente Jair Bolsonaro e entrar em rota de colisão com o fundador do partido, João Amoêdo. Ex-presidente do Fundo Social do Estado de São Paulo, o empresário vai atuar ao lado da equipe do parlamentar nas áreas social e ambiental.

Em sua gestão como secretário de Assistência e Desenvolvimento Social, entre 2017 e 2019, Sabará foi idealizador de programas como o Trabalho Novo e a Horta Social Urbana, voltados para a geração de emprego e renda. De acordo com o ex-candidato do Novo à Prefeitura, Russomanno demonstrou interesse em dar continuidade a estas iniciativas. “Ele [Celso Russomanno] tem grandes chances de estar no segundo turno, numa disputa completamente diferente dessa do primeiro turno, com mais tempo de TV e igualdade para poder expor planos, propostas e uma agenda propositiva para o município. Nossas propostas e realizações de sucesso em áreas sensíveis como a social e ambiental com certeza poderão fazer a diferença na campanha e para melhorar São Paulo”, diz Sabará. Apesar do otimismo, Russomanno segue em queda livre nas pesquisas de intenção de voto. Segundo pesquisa Ibope divulgada na segunda-feira, 9, o candidato do Republicanos tem 12% das intenções de voto – no levantamento do dia 2 de outubro, o parlamentar tinha 26%.