Com 100% das urnas apuradas, o ex-prefeito de João Pessoa e ex-senador pelo Estado, Cícero Lucena (PP), foi para o segundo turno das eleições na Paraíba com 20,72%, contra o candidato Nilvan Ferreira (MDB), que teve 16,61% do eleitorado. Com cerca de 70% das apurações das urnas, Ruy Carneiro (PSDB) seguia no segundo lugar, mas no final foi ultrapassado por Ferreira, e ficou um pouco atrás, com 16,37%. Em quarto lugar, ficou Wallber Virgolino (Patriota), com 13,92%, seguido de Edilma Freire (PV), com 12,93%, Ricardo Coutinho (PSB), com 10,68%, e Raoni (DEM), com 4,27%. Os demais candidatos, Anísio Maia (PT), João Almeida (Solidariedade), Italo Guedes (PSOL), Rafael Freire (UP), Carlos Monteiro (Rede), Rama Dantas (PSTU) e Camilo Duarte (PCO) tiveram menos de 2% dos votos.

Lucena é empresário da construção civil e foi presidente do Sinduscon de João Pessoa. Ele é sobrinho do político Humberto Lucena e iniciou sua carreira em 1990, quando foi escolhido para concorrer como vice-governador do PMDB na chapa encabeçada por Ronaldo Cunha Lima. A chapa venceu a eleição no segundo turno. Em 1994, com o afastamento de Cunha Lima para candidatar-se ao Senado, Cícero Lucena assumiu o governo do estado para o restante do mandato. Com 37 anos de idade, tornou-se o governador mais jovem a assumir o governo da Paraíba. Já Ruy Carneiro foi eleito deputado federal em 2010 e em 2018. Ele foi considerado pela ONG Transparência Brasil um dos parlamentares mais atuantes e de produção legislativa mais relevante, dentre os 36 deputados do Legislativo paraibano. Em 2014, Ruy foi candidato a vice-governador da Paraíba, na chapa do candidato ao Governo Cássio Cunha Lima, também do PSDB, que não foi eleita no segundo turno da disputa eleitoral.