A atual prefeita de Palmas, Cinthia Ribeiro (PSDB), garantiu sua reeleição na capital do Tocantins no primeiro turno das eleições municipais de 2020 neste domingo, 15, com 36,22% dos votos apurados, sendo 45.555 votos válidos – 98% dos votos apurados. A candidata superou os adversários Professor Júnior Geo (Pros), que conquistou 14,59%, Eli Borges (Solidariedade) com 12,90% e Thiago Amastha Andrino (PSB) 12,33%. Ao todo, eram 12 os candidatos que disputam à Prefeitura da capital do Tocantins. Com 176.899 eleitores aptos a votar, segundo dados do Tribunal Regional Eleitoral, Palmas não tem opção de segundo turno já que essa regra é limitada aos municípios com mais de 200 mil eleitores.

Aos 43 anos de idade, Cinthia, que é natural de Anápolis, em Goiás, entrou na política em 2014 pelo PTN (Partido Trabalhista Nacional) e se candidatou pela primeira vez a vice-governadora na chapa de Ataídes Oliveira, mas não conseguiu se eleger. Em 2016, filiada ao Partido da Social Democracia Brasileira, ela foi eleita vice-prefeita ao lado de Carlos Amastha. Após a renúncia do prefeito em 2018, assumiu o cargo, sendo a primeira pessoa a assumir a capital definitivamente por linha sucessória. Ela é empresária e formada em fonoaudiologia pela Universidade Paulista.