O atual deputado federal Edmilson Rodrigues (PSOL) e o Delegado Federal Eguchi (Patriota) decidirão em segundo turno quem será o futuro prefeito de Belém no próximo dia 29. Com 98,67% das urnas apuradas, Edmilson Rodrigues alcançou 34,2% dos votos e Delegado Federal Eguchi, 23%. O terceiro lugar ficou com José Priante (MDB), com 17,03% dos votos. Apesar do psolista liderar o pleito, a disputa foi acirrada. O candidato do PSOL é natural de Belém e iniciou a carreira política em 1986. Desde então, já ocupou cargos no legislativo e no executivo, exercendo mandatos de deputado estadual e federal. Rodrigues também já comandou a Prefeitura de Belém por dois mandatos consecutivos, entre 1996 e 2004. Suas gestões foram marcadas pela implementação de projetos sociais e culturais no município.

Já o apoiador do presidente Jair Bolsonaro, Eguchi, disputou sua primeira eleição em 2018, concorrendo a deputado federal pelo PSL no Paraná. Mesmo obtendo 52 mil votos, ele não conseguiu uma cadeira na Câmara dos Deputados. O delegado da Polícia Federal (PF), licenciado da instituição desde junho, classifica o combate à corrupção e a informatização dos serviços públicos como os principais pilares de sua candidatura. O resultado do primeiro turno das eleições em Belém contrariou o último levantamento, divulgado no sábado, pela pesquisa Ibope. Segundo os dados, o segundo turno seria disputado entre Edmilson (PSOL), com a projeção de 38% dos votos, e José Priante, candidato pelo MDB, com 17% dos votos. O estudo ainda apontou que Eguchi ocuparia o terceiro lugar na disputa, com 13% dos votos.

Confira o resultado final do primeiro turno em Belém:

  • Edmilson Rodrigues (PSOL) – 34,24%
  • Delegado Federal Eguchi (PATRIOTA) – 23,06%
  • José Priante (MDB) – 17,03%
  • Thiago Araújo (CIDADANIA) – 8,08%
  • Cássio Andrade (PSB) – 6,89%
  • Vavá Martins (PSB) – 6,79%
  • Gustavo Sefer (PSD) – 3,16%
  • Guilherme Lessa (PTC) – 0,33%
  • Mário Couto (PRTB) – 0,16%
  • Cléber Rabelo (PSTU) – 0,14%
  • Dr. Jerônimo (PMB) – 0,10%
  • Jair Lopes (PCO) – 0,02%