A Itália, primeiro epicentro da Covid-19 no ocidente, luta contra a segunda onda da doença e registrou mais de 21 mil casos diários de coronavírus e 662 mortes nas últimas 24 horas. Com isso, o país já teve quase 1,6 milhão de casos da doença e 59.514 mortes confirmadas. No momento, os italianos convivem com o segundo maior número de mortos da Europa, atrás apenas do Reino Unido. Nesta semana, o primeiro-ministro italiano, Giuseppe Conte, assinou um decreto limitando todas as viagens realizadas entre as regiões de 21 de dezembro a 6 de janeiro, feriado nacional do Dia da Epifania. Conte espera que isso evite movimentações durante feriados que possam impulsionar o contágio.

*Com informações do Estadão Conteúdo