Os corpos das 19 vítimas que morreram na queda de um ônibus de um viaduto, na BR-381, em João Monlevade, Minas Gerais, serão transportados por dois aviões da Força Aérea Brasileira. Segundo a Defesa Civil do Estado, o voo está marcado para o meio-dia desta segunda-feira, 7, no aeroporto da Pampulha, em Belo Horizonte. Uma aeronave vai levar as vítimas, enquanto outra transportará os parentes. O voo seguirá até Paulo Afonso, no interior da Bahia. A cidade fica a 87 quilômetros de Mata Grande, em Alagoas, de onde partiu o ônibus. O município disponibilizou um ginásio de esportes para o velório.

Ainda de acordo com a Polícia Civil, representantes da empresa responsável pelo veículo, a Localima, estiveram no IMLl, na tarde de sábado, 5. Eles não foram intimados a prestar depoimento. A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) informou que o ônibus estava em situação irregular e não poderia levar passageiros. O tenente do Corpo de Bombeiros de Minas Gerais, Pedro Aihara, alertou sobre os cuidados para viajar nas estradas neste fim de ano. “Se você vai pegar a estrada, se você vai viajar com a sua família, dedique uma semana para revisar o seu veículo, principalmente o sistema de freios, sistema fundamental para que possa fazer uma viagem em segurança”, explica. Pedro Aihara também recomendou que os passageiros se informem sobre as condições dos veículos de turismo e optem por um trajeto mais seguro.

*Com informações do repórter Vinicius Moura