<span class="hidden">–</span>CAPRICHO/Sestini/Reprodução

Os fãs de RBD ficaram muito felizes com o retorno do grupo e, após uma longa espera, foram contemplados com um clipe lançado na última semana. Apesar do momento marcante, nem tudo agradou o público. Um detalhe no vídeo de Siempre He Estado Aquí foi tido como desrespeitoso e insensível por algumas pessoas.

Logo no início do vídeo, a animação de Christopher Von Uckermann segura uma foto antiga da banda, de 2008, mas sem Dulce María e Alfonso Herrera, que foram cortados. A imagem foi tirada de um show em Miami, nos Estados Unidos, onde todos estavam presentes.

Tanto Dulce quanto Poncho ficaram de fora do reencontro do grupo por motivos pessoais. Os dois não irão participar da live show especial no dia 26 de dezembro ao lado de Anahí, Maite Perroni, Christian Chávez e Christopher. 

Muitos fãs ficaram chateados com a edição do clipe e não viram motivo para que os dois ficassem de fora da imagem, ainda que não façam parte do reencontro. Chegaram a achar a atitude desrespeitosa. “O tanto que o RBD morreu pra mim depois dessa falta de vergonha que eles estão fazendo nesse tributo, agora cortaram uma foto dos seis como se os outros dois nunca tivessem participado”, expressou um internauta no Twitter.

Com toda a repercussão polêmica, o diretor Peter Odor se pronunciou e disse que a foto cortada por “questões que vem de cima”. Já que a dupla não está envolvida no projeto atual, para utilizar a imagem de Dulce e Poncho eles precisariam da autorização deles

Acredito que foi uma questão mais de direitos, de copyright, do que de maldade. Acho que cada indivíduo, cada personagem do RBD tem um direito, um copyright. Você não poder colocá-los se não há autorização deles mesmos”, explicou o diretor.

E aí, qual é a sua opinião sobre o assunto?

Continua após a publicidade