Rodrigo Maia anunciou na tarde desta quarta-feira, 23, que Baleia Rossi (MDB) será o candidato de seu grupo à presidência da Câmara dos Deputados. Baleia irá disputar o comando na Câmara com Arthur Lira (PP), apoiado pelo base do presidente Jair Bolsonaro na Casa. Além dos partidos de centro e centro-direita, como DEM, MDB, PSDB, PSL, Cidadania e PV, passaram a integrar o grupo do parlamentar os partidos de esquerda, como PT, PCdoB, PDT, Rede e PSB. Segundo apurou a Jovem Pan, os 11 partidos se reuniram virtualmente nesta quarta para escolher entre o candidato do MDB e Aguinaldo Ribeiro, do PP. O nome de Rossi foi escolhido há poucos minutos. Durante o encontro, partidos da oposição pediram por uma reunião com o Baleia pra alinhar “compromissos e expectativas”.

“Um grupo de partidos em defesa da democracia e da liberdade”, disse Aguinaldo Ribeiro, que afirmou ter aberto mão da disputa em nome da unidade em torno da Baleia. Em seu pronunciamento, Aguinaldo agradeceu especialmente o apoio do PT e da presidente do partido, Gleisi Hoffmann. O deputado também registrou o apoio do PSL a sua candidatura. “A decisão dele [Aguinaldo] tira de mim o peso de decidir entre dois grandes nomes, dois grandes amigos”, afirmou Maia em coletiva de imprensa. Segundo o presidente, ele encaminhou uma reunião com a esquerda após a desistência do líder Aguinaldo. “Será uma caminhada difícil, mas será uma caminhada de vitória”, afirmou Baleia, que agradeceu Maia por ter colocado a Câmara como protagonista dos grandes debates brasileiros.