O candidato que representa um grupo de partidos de centro e de oposição para a presidência da Câmara dos Deputados, Baleia Rossi (MDB), disse nesta segunda-feira, 28, em um vídeo publicado na sua página oficial do Twitter, que participou de uma reunião com a Esquerda Democrática. Segundo ele, foram “reafirmados pontos convergentes”, como defesa da democracia, das instituições, do meio ambiente e das liberdades. “Claro que a democracia prevê um amplo e permanente diálogo, cada líder e representante de partido vai se reunir com a sua bancada, mas saio muito otimista com uma união entre o centro e a Esquerda Democrática para caminharmos nessa candidatura”, destacou Baleia. O grupo de partidos que apoiam ele são 11. Além dos de centro e centro-direita, como DEM, MDB, PSDB, PSL, Cidadania e PV, passaram a integrar as legendas de esquerda, como PT, PCdoB, PDT, Rede e PSB.

No dia em que Rodrigo Maia anunciou o nome do emedebista, partidos da oposição pediram por uma reunião com ele pra alinhar “compromissos e expectativas”. Aguinaldo Ribeiro, líder da esquerda, afirmou ter aberto mão da disputa em nome da unidade em torno de Baleia. Em seu pronunciamento, agradeceu especialmente o apoio do PT e da presidente do partido, Gleisi Hoffmann. “Um grupo de partidos em defesa da democracia e da liberdade”, disse na ocasião. Baleia irá disputar com Arthur Lira, que representa o Centrão e é preferido pelo Palácio do Planalto para assumir o cargo.