<span class="hidden">–</span>CAPRICHO/Sestini/Reprodução

A terceira temporada de Cobra Kai já já chega a Netflix! O novo ano da produção começa logo após a violenta briga entre os dois dojos na escola, que deixou Miguel (Xolo Maridueña) gravemente ferido. Se você, assim como nós, é fã do seriado, sabe que combater o bullying é um tema recorrente na trama. E, ao longo dos próximos episódios, Samantha (Mary Mouser), que está ressentida pela briga entre os colegas de colégio, tornará isso a sua missão. Assista ao trailer:

A CAPRICHO teve a oportunidade de entrevistar o elenco do original Netflix e questionou Mary se ela, enquanto era estudante, sofreu bullying e conseguia se identificar com a temática do enredo. A atriz abriu o coração e relembrou essa época para nós.

“Com certeza sofri bullying. Eu mudei muitas vezes de escolha, porque eu estava trabalhando, e isso fazia com que eu me destacasse. E, nessa idade, nem sempre é legal ser a pessoa que se destaca, ter que carregar esse rótulo. Então, acabei sofrendo muito por isso. Eu precisava comer escondida no banheiro durante o recreio, porque não tinha com quem ficar. E eu tenho Diabetes do tipo 1. Então, às vezes, eu fingia que estava com baixa glicemia para ficar na enfermaria durante o recreio”, desabafou.

Mouser, então, deu conselhos para os jovens que passam por isso. Em primeiro lugar, ela ressaltou que isso é “temporário” e que, no futuro, será apenas “uma memória distante”. Outro ponto que a atriz levantou é que é importante, às vezes, entender o motivo pelo qual a pessoa está fazendo bullying.

Continua após a publicidade

“Isso é algo que Cobra Kai mostra bastante. Existe um motivo pelo qual as pessoas que fazem bullying agem daquela maneira e pelo qual elas chegaram nesse ponto. Isso não justifica as atitudes deles, mas te traz uma explicação e isso me trouxe muita paz, saber que existe um motivo pelo qual essas pessoas me tratam dessa maneira. E está tudo bem. Eu vou evoluir e seguir em frente e aprender como eu não quero tratar os outros baseado nisso. Eu fiz o melhor para colocar a minha energia em mim mesma e me fazer feliz”, explicou Mary.

Mary Mouser (Samantha) em Cobra KaiNetflix/Netflix

Já William Zabka, que interpreta Johnny na história, pediu para que os jovens não tentassem lidar com isso sozinhos. “Você precisa conversar com um adulto que você confie. Falar com alguém que seja uma figura de autoridade, pode ser seus pais ou professores, para conseguir aliados”, ressaltou.

William ainda pediu para que as pessoas que testemunhem situações do tipo intervenham. Ralph Macchio, que dá vida a Daniel, concordou com o amigo e fez o mesmo pedido. “As pessoas evitam encarar aquilo, elas viram o rosto, figurativamente dizendo, ao invés de se impor e tentar acabar com aquilo”, comentou Macchio.

Ralph Macchio (Daniel) e William Zabka (Johnny) em Cobra KaiNetflix/Netflix

Para finalizar, Zabka deu um conselho digno da série, haha. “Façam artes marciais. Encontrem um professor incrível, uma escola incrível e aprendam a se defender e se proteger. Porque talvez isso acabe se tornando necessário um dia. Você aprende karatê não para brigar. Você aprende karatê para não ter que brigar. Mas, se um dia chegar nesse ponto, você saberá se defender. Então, fica o recado: jovens, conversem com alguém. Falem com alguém mais velho, um pai. Não guarde isso para você, não tente enterrar e não deixe que alguém te faça se sentir menos do que você é. E assistam a Cobra Kai que temos toda a ajuda para isso lá!”, concluiu o ator.

<span class="hidden">–</span>Netflix/Netflix

A terceira temporada de Cobra Kai estreia dia 1 de janeiro de 2021. Quem está ansiosa para assistir?

Continua após a publicidade