O ator Tuca Andrada usou as redes sociais neste domingo, 3, para rebater Elba Ramalho sobre a festa que aconteceu na casa da cantora em Trancoso, na Bahia, durante o feriado de réveillon em meio à pandemia da Covid-19. Além disso, o ator também criticou a participação de Elba em uma inauguração de um estabelecimento na cidade. Nos stories, o artista repostou um vídeo em que a cantora está em uma confraternização, dançando, sem máscara. Ela já tinha dito no Instagram que “foi a inauguração de uma loja e tomou uma taça de vinho”. Na publicação, Tuca escreveu: “Querida Elba Ramalho, vamos clarear algumas coisas. Nunca afirmei que o vídeo se passava na sua casa, nunca escrevi que o evento acontecia naquela noite (apesar de se passar durante a pandemia, pois podemos ver alguns com máscaras no pescoço e até mesmo um DJ ou barman de máscara), nunca toquei no seu nome, simplesmente postei um vídeo, que você aparece sem máscara numa festa”.

O ator ressaltou que não tem problemas pessoais com Elba: “Não tenho absolutamente nada contra você, te admiro como uma das maiores artistas desse país e, quanto ao seu trabalho, continuarei fã. O problema, Elba, é que muitos de nós, artistas brasileiros, perdemos a noção pedagógica que nosso trabalho exige. Digo isso e não me excluo desse problema, mas sempre dá tempo de corrigir nossa rota e tento fazer isso todos os dias”. Tuca também lembrou a quantidade de mortos no Brasil por causa do novo coronavírus e a responsabilidade do governo federal diante do problema. “Uma estrela de primeira grandeza como você estar numa aglomeração, sem máscara, quando já temos 200 mil mortos e um governo totalmente irresponsável e genocida, que zomba dos mortos, causa espanto, sim, e também muita tristeza. Espero que você tenha um ano maravilhoso. Saúde e paz”, finalizou o ator.

Nos comentários, a cantora respondeu: “Tuca, te mandei mensagens te esclarecendo tudo, ratificando que não fui para festa alguma, que a casa estava alugada e não sabia da festa… te expliquei tudo e você insiste em me apunhalar, me acusar, me jogar na cruz”, desabafou. Elba lembrou que já foi diagnosticada com coronavírus há alguns meses e que, por isso, na visão dela, a situação é diferente. “Tive Covid, estou com imunidade. Fiz teste naquele dia da inauguração da Osklen, eu e meus amigos. Estava comendo, bebendo sem máscara, lógico. Sou responsável e trato essa doença com seriedade. Ajudo a comunidade com doação de cestas básicas e máscaras… sobre isso você não fala! É muita perseguição, muita injustiça. Deus sabe”, concluiu.

Festa gerou polêmica

Após a festa que aconteceu na casa de Elba, que estava alugada, viralizar nas redes sociais, a cantora gravou um vídeo no Instagram para explicar aos seguidores o ocorrido. “Estou em Trancoso, hospedada no Club Med, a alguns quilômetros de Trancoso. Minha casa está alugada desde o dia 25 de dezembro até o dia 4 de janeiro. Isso é de praxe e todos os anos a gente aluga. E eu não sabia que a casa estava tendo uma festa nesta proporção”, afirmou. A cantora reconhece que os artistas precisam dar um bom exemplo de conduta, sobretudo em tempos de pandemia de Covid-19, quando as aglomerações estão proibidas em alguns lugares ou “não recomendadas” para evitar a propagação ainda maior do coronavírus. “Sou uma pessoa muito responsável comigo, com a minha vida e a vida dos outros. Me esforço para dar um bom exemplo. Eu não sei quem vai responder por isso, mas a polícia parou com a festa que estava acontecendo na minha casa, mas não uma festa feita por mim. Eu não estava presente”, garantiu.

*Com informações da Agência Estado