Os carros elétricos são tendência mundial e o principal motivo é o fato de serem extremamente sustentáveis. No entanto, para Giovanni Cataldi Neto — economista brasileiro de sucesso —, esse não é o único motivo que explica sua fama, afinal, eles possuem, também, diversas outras vantagens, uma delas 

Exemplo disso, de acordo com o economista, é o fato de que esse tipo de veículo está se tornando cada vez mais acessível. Mas, você já se perguntou quais são as vantagens dos carros elétricos? Ou, ainda, qual é o carro elétrico mais barato comercializado no Brasil? Se sua resposta for não, então este artigo é para você! Confira-o até o final e descubra.

Importância sustentável do carro elétrico

Sustentavelmente falando, o carro elétrico possui vantagens muito superiores aos carros tradicionais, as quais, por sua vez, já o tornam importantes para o desenvolvimento saudável e sustentável do meio ambiente. Na prática, pode-se citar como primeira vantagem o fato desses veículos não emitirem gases poluentes na atmosfera, como o CO². Isso se deve graças ao fato de que os mesmos não são movidos à base de combustível fóssil. Incrível, você não acha?

Para o meio ambiente, isso é benéfico, pois, sem a atmosfera poluída, a fauna e flora não são comprometidas, além da saúde humana, é claro. não somente, os veículos elétricos são extremamente famosos por possuírem melhor aproveitamento energético, exigirem menos combustão e por não gerarem calor e barulhos excessivos. 

Por essas questões, Giovanni Cataldi Neto é um grande amante dos carros elétricos, por isso, contribuiu com  a criação do primeiro carro elétrico do Brasil: o carro Liggo. Na prática, o economista foi responsável pela captação de recursos financeiros e, ainda, pela estruturação de operações financeiras na Lexicar Brasil. Bacana, né?

Mas, afinal, qual é o carro elétrico mais barato do Brasil?

Sem mais delongas, finalmente podemos responder à questão impulsionadora deste artigo: o carro elétrico mais barato do Brasil é o Renault Kwid E-Tech. Mas, é necessário que você entenda que a palavra “barato” não significa, necessariamente, que ele é acessível, mas sim que, dentre os outros modelos disponíveis no mercado, esse é o veículo que apresenta o melhor preço. 

O Renault Kwid E-Tech, o carro elétrico mais barato do Brasil, custa R$ 142.990, um dos poucos modelos que custam menos de dois mil reais. Para quem gosta do tema, segundo Giovanni Cataldi Neto, vai gostar de saber, também, e suas características técnicas. A primeira delas é que, mesmo que motores elétricos, de maneira geral, possuam pouca autonomia, o motor do carro elétrico mais barato do país possui uma pequena, porém potente bateria, feita de íon-lítio e com 26,8 kWh.

Além disso, Giovanni Cataldi Neto menciona que o torque de seu motor elétrico é de 11,5 kgfm e ele alcança a velocidade máxima de 130 quilômetros por hora, com aceleração feita em poucos segundos, alcançando 50km em 4,1 segundos e 100km em 14,6. Incrível, você não acha? Para o economista, esse é, realmente, o modelo que lhe garantirá o melhor custo–benefício!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui