Encarando dois possíveis finalistas no segundo paredão da edição, Arcrebiano (AKA Bil) deixou o BBB21 com 64,89% dos votos. Logo de cara, Tiago Leifert tranquilizou o modelo, garantindo que ele pode continuar de cabeça erguida porque a eliminação não significa rejeição, e sim a união das torcidas de Gilberto (1,88%), Juliette (33,23%) e Sarah. Fofo, né?

Bil também recebeu muito carinho na #RedeBBB, onde reencontrou a mãe (virtualmente) e disse que está torcendo por Arthur, Gilberto e Sarah. Ele ainda elegeu Thaís e Pocah como as plantas da temporada e contou se tem interesse em, digamos, conhecer Anitta melhor. “Daria duas flechadas”, brincou, fazendo referência ao recurso de paquera usado na casa.

E nem tudo está perdido para quem shippa #BiJu, viu? Apesar de dizer que nunca teve intenção de ficar com Juliette durante o confinamento, ele deixou no ar a possibilidade de rolar algo entre os dois aqui fora:

Aliás, finalmente temos respostas sobre a polêmica imunidade que Bil deu para a advogada quando atendeu ao Big Fone. “Foi por estratégia e por afinidade. A gente brincava muito e eu sabia que Caio, Rodolffo e Arthur, os mais próximos a mim, não corriam risco naquele momento”, explicou.

Quem não tem chance alguma com o modelo, claro, é Karol Conká. Mesmo sem ter a real noção de tudo que aconteceu, ele afirmou que se sentiu manipulado em alguns momentos e que ela é uma dos que estão interpretando um personagem no jogo. “Gostei muito dela no começo. Assim que ela entrou, eu quis ficar com ela, uma mulher alegre, feliz, espontânea. Mas ela me mostrou um lado que eu não conhecia”, justificou o brother pouco antes de reagir ao já icônico beijo de olhos abertos que deu na cantora.

Continua após a publicidade