O jogo da discórdia movimentou o Big Brother Brasil 21. A temática da brincadeira era: quem é o cancelador, a pessoa que se acha superior aos outros, dentro da casa? E, embora tenha tomado poucos votos, Karol Conká percebeu que o seu comportamento estava sendo visto com maus olhos, após ser interrompida diversas vezes por Tiago Leifert para se defender.

Nesta terça-feira, em conversa com Sarah, que foi a única que ficou ao lado de Lucas Penteado na brincadeira, a artista admite ter exagerado na maneira como estava tratando o ator.

“Ele está chateado. No raso, ele gosta de mim e eu também gosto dele, mas não posso concordar. Quem deu um sermão nele foi o Di. Ele, em pé, palestrando, 30 minutos. A diferença de uma coisa para outra, é que eu já explodi”, explicou Conká.

A cantora continuou: “A hora que ele baixou a bola, foi quando eu falei: ‘Meu filho tem 15 anos, não vou deixar você zoar comigo’. Mas a qualquer momento, a gente pode voltar a se falar, ele pode entender muita coisa. Por isso não é interessante ficar comprando briga, porque a qualquer momento posso voltar a falar com ele e sair andando para lá e para cá se amando. Tem que ter maturidade. Eu exagerei em algumas coisas que falei“.

E aí, o que você achou da fala de Conká? Estratégica ou sincera?

Continua após a publicidade