Segundo o Mestre em urologia Dr. Marco Antonio Quesada Ribeiro Fortes, o exame de toque retal – também conhecido como exame de próstata-, é um dos principais exames de rotina que os homens devem realizar. Tem o intuito de avaliar a próstata e detectar possíveis alterações na glândula, levando a suspeita de câncer de próstata.

O Dr. Marco Antonio Quesada Ribeiro Fortes revela que em casos de suspeita de câncer, o exame deve ser complementado por outro, chamado “PSA” (antígeno prostático específico), e se manifestadas alterações, mais exames deverão ser solicitados.

O câncer de próstata, explica o Dr. Marco Antonio Quesada Ribeiro Fortes, é comum da terceira idade, uma vez que quase 80% dos casos mundiais são diagnosticados a partir dos 60 anos. Além de ser também, o segundo câncer mais comum entre homens no Brasil.

O exame é feito no próprio consultório médico. O paciente deverá deitar em uma maca e o toque retal depende da prática de cada médico. O urologista irá introduzir o dedo enluvado e lubrificado no canal do reto, durando aproximadamente dez segundo, indolor, porém um pouco incômodo.O Dr. Marco Antonio Quesada Ribeiro Fortes ressalta que o relaxamento muscular e a paciência são fundamentais para a realização correta do toque retal.

É um exame de baixo custo que acrescenta muito para o diagnóstico precoce do câncer de próstata. Além de não ser exigido nenhum preparo especial para a realização, sendo essencial apenas que o paciente conte ao especialista se possui outras condições de saúde. O Dr. Marco Antonio Quesada Ribeiro Fortes afirma ainda que, no geral, é um exame minimamente invasivo.

Precisa do auxílio de um urologista? Entre em contato com o Dr. Marco Antonio Quesada Ribeiro Fortes e agende sua consulta.

Acesse o site e saiba mais: http://marcofortes.med.br/.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui