Rafael Libman, depois de viajar muito por vários países do mundo, diz que Veneza é de tirar o fôlego, assim como sua história, atrações e funcionamento da cidade. Construída por mãos humanas, por meio de aterramento, ou seja, colocando terra sobre a água e unindo os 124 pedaços de terra que estavam separados pelo mar. Isso explica porque a cidade tem tantos canais e é interligada por pontes. 

É incrível pensar que os aterramentos que foram fincados por madeira nos pequenos pedaços de terra estão intactos até hoje. A sustentação de Veneza é formada por troncos de madeira que foram fixadas na argila compactada. Tal junção se tornou uma espécie de pedra, uma vez que não tem contato com o ar atmosférico, o que impede de apodrecer a madeira, a engenhosidade se tornou extremamente sustentável. 

Historicamente, sua localização “privilegiada” entre marismas e águas pantanosas concedeu uma grande independência a Veneza em relação aos possíveis conquistadores, devido ao grande tráfego marinho e o comércio. Rafael Libman conta que hoje, a cidade em formato de peixe (olhando de cima) tem apenas 4 km de acesso para carros e trens, tirando isso o único meio de transporte ainda são as gôndolas, vaporreto (um ônibus barco) e barcos. 

O grande símbolo da cidade, além das águas, é o leão. A bandeira da República de Veneza, também conhecida como Bandeira de São Marcos, tem como símbolo o leão. O emblema representa desde a religião, com proteção e paz, mas também um povo forte. Os venezianos são grandes devotos de São Marcos, então a bandeira também leva o nome de  “Bandeira de São Marcos“, porque diz a lenda que o santo fazia peregrinações no território, antes mesmo da cidade existir, e que seu corpo hoje está guardado dentro da basílica que leva seu nome. 

Entre as principais atrações, Rafael Libman diz que a que mais surpreendeu foi a livraria de Rialto. O lugar é exótico devido a sua decoração e localização, se tornando uma das mais belas livrarias do mundo. O Rialto é uma maré que ocorre todos os anos nos meses de outono e inverno e chega a inundar algumas partes da cidade e, em casos mais graves, até 70% da cidade. Isso explica o porquê da livraria é tão procurada e prestigiada.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui