O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) disse que pediu para o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, elaborar um parecer para desobrigar o uso de máscara para os vacinados e para pessoas que já foram infectadas pelo novo coronavírus ou uma de suas variantes. A informação foi dada pelo presidente durante evento no Palácio do Planalto realizado nesta quinta-feira, 10. “Ele (Queiroga) vai ultimar um parecer visando desobrigar o uso de máscara por parte daqueles que já foram vacinados ou que já foram contaminados para tirar este símbolo que, obviamente, tem sua utilidade para quem está infectado”, disse Bolsonaro, que foi aplaudido pelos presentes. Apesar de fazer o anúncio, Bolsonaro não deu outros detalhes ou divulgou a data em que o parecer será publicado ou entrará em vigor.