O ministro das relações exteriores, Ernesto Araújo, falou por telefone, pela primeira vez, com o novo secretário de estado dos Estados Unidos, Anthony Blinken. Segundo Araújo, durante a conversa, que aconteceu nesta quinta-feira, 11, ficou claro que há excelente disposição e amplas oportunidades dos dois países continuarem construindo uma profunda parceria. De acordo com o chanceler, existe uma convergência de visões sobre a centralidade da democracia e grande empenho em trabalhar em conjunto nas questões ligadas ao comércio, clima e promoção dos direitos humanos. O ministro ressaltou que os Estados Unidos continuam sendo parceiro chave na transformação do Brasil, em torno da liberdade econômica e política. Segundo o Itamaraty, o contato reafirma o compromisso do fortalecimento das relações entre os dois países.

O presidente Jair Bolsonaro disse nesta quinta feira que acredita na manutenção dos acordos firmados entre os dois governos durante a gestão de Donald Trump. “O povo americano é, realmente, voltado para o interesse de sua nação. Muda governo, pouca coisa muda. Acredito que todos os acordos que assinamos com o governo Trump serão mantidos com o governo Biden, afinal de contas todos nós ganhamos, não é apenas o americano, é o Brasil também”, afirmou. O mandatário falou sobre a relação com a Casa Branca após ser questionado sobre o acordo de salvaguardas tecnológicas entre os governos para a exploração da base especial localizada em Alcântara, no Maranhão, assinado durante visita a Washington em 2019. Segundo o presidente, a parceria está mantida.

*Com informações da repórter Caterina Achutti