O ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva chegou ao Rio de Janeiro nesta quinta-feira, 10, onde fica até sábado, 12, para reuniões, encontros e articulações visando as eleições presidenciais de 2022. Segundo fontes da Jovem Pan, o plano de Lula prevê, por exemplo, uma base de centro-esquerda no Rio de Janeiro para enfraquecer, ou até mesmo derrotar, o presidente Jair Bolsonaro no pleito do ano que vem. Bolsonaro, embora seja de São Paulo, tem reduto eleitoral no Rio — assim como os filhos vereador Carlos Bolsonaro e senador Flavio Bolsonaro. A ideia de Lula seria lançar ao Senado Federal em 2022 o nome do deputado federal Alessandro Molon. Outra possibilidade seria lançar, para concorrer ao Palácio Guanabara, o nome do deputado federal Marcelo Freixo. Lula quer, ainda, a participação de partidos de centro nessa aliança contra o presidente da República. Por isso, nessa sexta-feira, 11, deve ter um almoço com o prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, que recentemente deixou o Democratas e ingressou no PSD.

*Com informações do repórter Rodrigo Viga