O Dr. Marco Antonio Quesada Ribeiro Fortes é médico urologista e contando com anos de experiência na área, bem como um grande apreço por estudar e se atentar às últimas tendências tecnológicas, fala à nossa redação sobre o paciente 2.0m um novo perfil de pacientes que está surgindo.

A tecnologia avança cada dia mais e com isso promove grandes mudanças em diversos setores da sociedade. O Dr. Marco Antonio Quesada Ribeiro Fortes entende como a tecnologia tornou-se um propulsor na área medicinal.

“Os avanços na tecnologia promoveram o desenvolvimento e aprimoramento em diversos campos hospitalares, como o tratamento de pacientes oncológicos, diagnóstico de patologias e otimização do tempo e trabalho de profissionais da saúde”, afirma Marco Antonio Quesada Ribeiro Fortes, mestre e doutor em urologia.

Dessa maneira, é evidente os benefícios que a tecnologia implementou para a medicina. Com todos esses avanços, bem como o progresso e a mudança na dinâmica da sociedade, um novo perfil de paciente surgiu, o paciente 2.0.

O Dr. Marco Antonio Quesada Ribeiro Fortes explica que o paciente 2.0 consiste em uma pessoa antenada e conectada com os aplicativos da internet. A disseminação da informação, propiciou um alargamento de dados e conhecimento acerca de inúmeros temas. Dessa forma, o paciente 2.0 pesquisa e lê muito acerca de possíveis patologias que o assolam.

“A curiosidade move muitas pessoas e nesse caso, o paciente 2.0 são curiosos natos”, afirma Marco Antonio Quesada Ribeiro Fortes. Desse modo, o médico precisa estar em consonância com as últimas tecnologias e estar preparado para sanar dúvidas trazidas por eles, uma vez que desejam saber além do exposto por buscadores da rede.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui